Mamão – Porque Colocar Mamão na Dieta?

Deliciosamente doce com tons almiscarados e uma consistência suave, parecida com manteiga, não é de admirar que o mamão já foi chamado de a “fruta dos anjos“, por Cristóvão Colombo. Embora já tenha sido considerado exótico em muitas regiões, hoje essa fruta é facilmente encontrada em vários países, principalmente nos meses de verão e outono.

A polpa do mamão pode tem tons que variam entre o alaranjado e o rosado, mas não somente a polpa é comestível. As sementes, embora tenham um sabor amargo e picante, também podem ser utilizadas no preparo das mais diversas refeições.

Mas um ponto super interessante do mamão é que tanto sua polpa quanto semente e casca contém uma substância chamada papaína, a qual fica mais concentrada quando o mamão está mais verde. Essa enzima é utilizada das mais diversas maneiras, desde suplementos dietéticos até ingrediente em algumas gomas de mascar.

mamão Papaya

É Paleo?

Sim! Mas lembre-se que eles são ricos em carboidratos também, então se você estiver precisando perder gorduras, é melhor não exagerar.

Informações Nutricionais

Seguem abaixo as informações nutricionais do mamão por 100 gramas do alimento.

  • Calorias (cal): 124
  • Carboidratos (g): 33,17
  • Proteínas (g): 1,55
  • Gorduras totais (g): 0,31
  • Fibra alimentar (g): 3,1
  • Sódio (mg): 6,2

Benefícios para a saúde

O mamão não é apenas uma fruta deliciosa e de cores atraentes. Além do sabor e beleza, o mamão também é uma fonte rica em antioxidantes como carotenóides, vitamina C, flavonóides, vitaminas do complexo B, ácido pantotênico e ácido fólico; além dos minerais, potássio e magnésio, e fibras, muitas fibras.

Juntos, esses nutrientes promovem a saúde do sistema cardiovascular e também fornecem proteção contra o câncer de cólon. Como já citamos anteriormente, o mamão também contém papaína, uma substância digestiva que, de maneira semelhante a bromelina (encontrada no abacaxi), é útil no tratamento de lesões lesões desportivas, traumas e alergias.

Proteção contra doenças do coração

O mamão pode ser muito útil para a prevenção da aterosclerose e de doenças cardíacas causadas por diabetes. O mamão é uma excelente fonte de vitamina C, bem como uma boa fonte das vitaminas A e E (através da sua concentração de vitamina A, fitonutrientes e carotenóides), três antioxidantes muito poderosos, que ajudam a evitar a oxidação do colesterol.

Só quando o colesterol se torna oxidado é capaz de aderir e se acumular nas paredes dos vasos sanguíneos, formando placas perigosas que podem eventualmente causar ataques cardíacos ou derrames.

O mamão também é uma boa fonte de fibras, que também são úteis para reduzir níveis elevados de colesterol. O ácido fólico é encontrado no mamão é essencial para a conversão de uma substância chamada homocisteína em aminoácidos benignos, tais como a cisteína ou a metionina. Se não convertido , a homocisteína pode danificar diretamente as paredes dos vasos sanguíneos e, se os níveis ficarem muito altos, é considerado um fator de risco para um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral.

Promove a saúde digestiva

Os nutrientes do mamão também demonstraram ser úteis para a prevenção do cancro do cólon. A fibra do mamão é capaz de se ligar a toxinas causadoras de câncer no cólon e mantê-las longe das células saudáveis.

Além disso, ácido fólico, vitamina C, beta-caroteno, vitamina E e todas essas substâncias foram associadas com um risco reduzido de cancro do cólon, pois fornecem proteção para as células do cólon contra os danos causados por radicais livres. Aumentar a ingestão desses nutrientes, através da inserção de mamão na dieta, é uma idéia excelente – principalmente para pessoas que têm risco de câncer de cólon.

Efeitos anti-inflamatórios

Papaya contém várias enzimas que digerem proteínas únicas, incluindo a papaína e quimiopapaína. Estas enzimas têm se mostrado eficazes na cicatrização de queimaduras. Além disso, os nutrientes antioxidantes encontrados no mamão, incluindo a vitamina C, a vitamina E e o beta-caroteno , também são muito bons para reduzir a inflamação. Ou seja, é muito útil no tratamento de doenças agravadas por inflamação, como asma, osteoartrite e artrite reumatóide.

Proteção contra a degeneração macular

Os dados relatados em um estudo publicado no Archives of Ophthalmology indica que comer três ou mais porções de frutas por dia pode reduzir o risco de degeneração macular relacionada à idade (DMRI)

Neste estudo , que envolveu mais de 110 mil homens e mulheres, os pesquisadores avaliaram o efeito do consumo dos participantes do estudo de frutas, legumes, as vitaminas antioxidantes A, C e E, e carotenóides sobre o desenvolvimento de DMRI precoce ou DMRI neovascular, a mais forma grave da doença associada à perda da visão.

Enquanto que, surpreendentemente, a ingestão de vegetais, vitaminas antioxidantes e carotenóides não eram fortemente relacionada à incidência de qualquer forma de DMRI, a ingestão de frutas foi definitivamente protetor contra a forma grave da DMRI. A dose recomendada é de três porções de frutas ao dia.

Como escolher mamão?

Se você quiser comê-los até um dia depois de comprá-los, escolha mamões que têm pele laranja-avermelhada e que estejam ligeiramente macios ao toque. Aqueles que têm manchas amareladas demoram mais alguns dias para amadurecer.

Mamões que estão totalmente verdes ou muito rígidos não devem ser comprados, a menos que você esteja pensando em cozinhá-los, ou se você quiser usar mamões verdes em um prato frio, como uma salada asiática.

Enquanto algumas manchinhas pretas na superfície não irão afetar o sabor do mamão, procure evitar aqueles que estão machucados ou muito moles.

Mamões que estão parcialmente amarelos devem ser deixada à temperatura ambiente, para que possam amadurecer em poucos dias . Se você quiser acelerar este processo, coloque-os em um saco de papel com uma banana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *