Carne Moída com Tomate e Molho Bolognesa

A carne moída com tomate é um ‘prato’ muito prático e muito usado na cozinha, quem aí nunca ouviu falar em molho bolonhesa, hein? Pois então, quando se fala se ingredientes, o molho bolognesa (ou bolonhesa) nada mais é que carne moída com tomate e temperos. Mas é claro, a forma de preparo muda um pouco nos dois casos.

No caso do molho, é necessário preparar o mesmo antes da carne moída. Agora, caso você não esteja procurando a textura de ‘molho pedaçudo’, você pode adicionar o tomate à carne moída praticamente preparada.

Por esse motivo, essa receita tem duas formas de preparo: o molho bolognesa tradicional e a carne moída com tomate, onde o tomate não chega a derreter totalmente. Claro que existem algumas versões de molho bolonhesa mais requintados, com vinho branco, leite e outros ingredientes que não estão na dieta paleo. Por esse motivo, procuramos simplificar a receita. 😉

São poucas as pessoas que não gostam de uma boa massa. Se você for pego num dia com aquela vontade louca de comer um macarrão, mas gostaria de evitar o excesso de carboidratos e/ou gostaria de uma opção super saudável, experimente o molho bolognesa com macarrão de abobrinha. Não, o sabor não é o mesmo, mas é uma excelente opção para dar aquela tapeada (porque claro, a gente entende que de vez em quando bate uma vontade louca de comer massas).

Abaixo, seguem algumas opções de acompanhamento para a carne moída com tomate (que ajudam a espantar a vontade de comer massas):

Ficou com vontade? Então confira a receita abaixo!

tomates

Ingredientes

  • 1 cabeça de alho (cerca de 50 gramas de alho);
  • 2 a 3 cebolas pequenas (cerca de 100 gramas de cebola);
  • 3 colheres de sopa de azeite extra virgem (ou 1 colher de óleo de côco e 2 de azeite);
  • 1 limão;
  • 2 ou 3 tomates médios;
  • Sal à gosto;
  • Pimenta branca ou preta triturada, à gosto.
  • 1/2 quilo de carne moída de sua preferência (você pode usar diferentes combinações de carnes, sem problemas). Nossa sugestão é de patinho.
  • Se você quiser uma consistência mais cremosa, pode considerar acrescentar uma xícara de chá de leite de côco ou outro leite de castanhas de sua preferência.

Obs.: Nós geralmente usamos essas proporções de alho, cebola e limão nas carnes (inclusive de frango). Mas você pode adaptar as quantidades de acordo com seu gosto. 😉

Modo de preparo

  1. Descasque a cabeça de alho (cerca de 50 gramas);
  2. Descasque e pique duas cebolas pequenas (cerca de 100 gramas);
  3. Esprema o limão;
  4. Bata o alho, cebola, limão, azeite e óleo de côco no liquidificador até obter uma mistura homogênea;
  5. Misture a carne moída e o tempero já batido;
  6. Adicione o sal e as pimentas e misture bem;
  7. Leve para cozinhar em fogo médio, mexendo sempre até começar a soltar água.
  8. Abaixe o fogo e feche a panela. Mexa de 10 em 10 minutos, aproximadamente (somente para a carne não empelotar);
  9. Deixe cozinhando até o fundo da panela ficar dourado;
  10. Adicione o tomate picadinho (e o leite de côco, se você optar por uma mistura mais cremosa) e mexa até o tomate começar a derreter;
  11. Corrija o sal (se necessário) e mexa bem;
  12. Deixe cozinhando em fogo baixo até o tomate apurar, atenção para não deixar a panela queimar. Basicamente: a diferença entre o molho bolognesa e a carne moída com tomate é justamente o ponto de molho. O molho bolognesa pode demorar até 3 horas para terminar de apurar, para ficar com a consistência de molho mesmo. Já a carne moída com tomate fica um pouco mais ácida e menos apurada. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *