Batata doce engorda? emagrece? Tire suas dúvidas!

A batata doce é um tubérculo que tem suas origens na América Central. É uma batata assim como as outras variedades que conhecemos, sendo a mais usada delas a batata inglesa.

Porém a sua composição faz com que ela seja um alimento muito mais nutritivo que as outras batatas e de uns tempos pra cá, a batata doce vem sendo cada vez mais recomendada e consumida por quem quer se alimentar bem e favorecer o ganho de massa muscular e perda de gordura.

batata doce

Pode na dieta paleo?

Sim.

Propriedades da Batata Doce

Evitando a fritura, a batata doce cozida ou assada é um ingrediente que faz a diferença no dia a dia de quem consome, por conta de suas diversas propriedades e benefícios. A vitamina A e B estão presentes em bons índices, assim como sais minerais, fósforo, ferro, cálcio e potássio. Também tem proteínas antioxidantes e anti-inflamatórios.

Os benefícios do consumo são inúmeros e surpreendem quem não desconfiava do poder dessa batata. Um dos destaques é o baixo índice glicêmico da batata doce, ainda mais se compararmos com outras fontes de carboidratos.

Dieta da batata doce?

Por ser um carboidrato do bem, muita gente encontra nesse alimento um aliado para o emagrecimento. A batata doce não emagrece sozinha, ela pode colaborar no cardápio de dietas. A batata doce não engorda, se consumida de forma moderada. Cada 100 gramas, o que equivale a uma batata de média a grande, tem 86 calorias. A batata inglesa costuma ter menos calorias, o que inteferem são as propriedades de cada uma.

Você já pode ter ouvido falar na tal da “dieta da batata doce”. Essa dieta nada mais é do que regimes que incluem esse alimento em todas as refeições. Há quem diga que a batata doce deve ser consumida três vezes por semana, mas alguns nutricionistas defendem que a ingestão diária de 50 gramas está permitida e aprovada.

A dieta da batata doce é como uma dieta tradicional, com alimentos leves e refeições balanceadas, sendo mais eficaz se acompanhada de atividades físicas regulares. No café da manhã e lanches, a batata doce pode acompanhar porções de frutas e castanhas. No almoço, saladas de folhas verdes e carnes magras são acompanhadas pela batata doce pequena, de preferência cozida.

No jantar a batata doce pode aparecer novamente, mas sem ultrapassar a quantidade indicada por dia. Omeletes, refogados de legumes e sopas são pratos leves e indicados para a alimentação a noite. Na ceia, frutas e chás.

Batata doce e Musculação

Enquanto muitas pessoas ainda estão descobrindo tudo que a batata doce pode trazer de bom para a saúde, esse alimento há tempos já é conhecido como alimento de atletas e também muito usado na dieta de frequentadores de academia que desejam ganhar massa magra sem ingerir calorias.

A batata doce é um dos alimentos mais indicados para isso, já que ela fornece energia para os treinos sem acumular gordura (o ideal é comer duas horas antes das atividades), ajuda na queima de gordura e no ganho da massa muscular porque libera a glicose no sangue de forma mais lenta.

Um dos pratos preferidos dos ‘marombeiros’ é o frango com batata doce e com razão. As proteínas de uma carne magra como o frango, aliadas as propriedades da batata doce são uma refeição praticamente completa, que com a adição de uma boa salada trazem com poucas calorias tudo que o corpo precisa para ter mais disposição e eficácia durante os exercícios físicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *