Almôndegas de Frango

Queridinha dos pratos italianos, as almôndegas são muito versáteis e podem ser servidas de diversas formas. Seja com tomate, azeite ou outros tipos de molhos, elas sempre caem bem. E não é diferente quando o assunto é almôndega de frango. 

Outro ponto bem bacana das almôndegas de frango é que, como elas são basicamente frango moído, você pode prepará-las com diversos temperos e recheios, o que a torna um prato coringa na dieta de qualquer um. Afinal de contas, é bem fácil conseguir uma boa variedade de combinações apenas com as almôndegas, vegetais e hortaliças.  

Se você é do tipo que adora uma massa, as almôndegas podem te ajudar a compor pratos que podem matar a vontade de comer aquela massinha, sem abrir mão de sabor e com uma grande vantagem: ainda possuem muitos nutrientes! Alguns exemplos de acompanhamentos para as almôndegas de frango:

Entre outras combinações. Ficou com vontade? Confira a receita abaixo.

peito de frango crú, em um prato branco

Ingredientes

  • 1 cabeça de alho (cerca de 50 gramas de alho);
  • 2 a 3 cebolas pequenas (cerca de 100 gramas de cebola);
  • 3 colheres de sopa de azeite extra virgem (ou 1 colher de óleo de côco e 2 de azeite);
  • 1/2 quilo de peito de frango já limpo, cortado em cubos grandes (abaixo, nós passamos algumas dicas de como processar o frango);
  • suco de 1 limão;
  • Sal à gosto;
  • Óleo de côco para untar;
  • Pimenta branca ou preta triturada, à gosto.

Modo de preparo

  1. Junte o alho, a cebola, o suco de limão, azeite e óleo de côco, e bata no liquidificador ou processador até obter uma mistura homogênea;
  2. Junte o tempero batido com o peito de frango, sal e pimenta em uma vasilha funda e misture bem.

Agora é hora de processar o frango. Para isso, você pode usar um multiprocessador de alimentos normal (com a lâmina de aço, claro).

Importante: Processe cada “leva” de peito de frango por 15 a 20 segundos, até o peito de frango ficar com aparência de carne moída e não mais que isso. Por ser uma carne muito macia, ao ser processada por muito tempo ele pode adquirir uma consistência levemente pastosa, praticamente uma massa mesmo. Quando a massa fica muito pastosa, o frango fica mais seco que o normal. =(

Agora que o frango está processado, vamos ao restante do preparo.

  1. Unte uma forma com óleo de côco
  2. Molde as “bolinhas” de frango e coloque na forma pré untada.

Agora calma. O quanto você vai assar essas almôndegas vai depender muito de sua rotina.

Mas como assim? 

Calma que a gente explica.

Se você também tem o costume de montar marmitas e as esquenta no microondas ou banho maria, o ideal é que a carne fique cozida no ponto de servir. Pois dessa forma você consegue esquentar as almôndegas com os vegetais sem problemas. Ou seja, nesse caso, você vai deixar as almôndegas assando até ficarem douradas por fora.

Agora, se você apenas fraciona as porções, mas esquenta sua comida diariamente numa panela, você pode deixar para terminar de preparar sua comida na hora de comer. Essa opção normalmente é mais saborosa, mas é menos prática. Nesse caso, você pode deixar as almôndegas assando até ficarem completamente cozidas, mas ainda com água no fundo da forma. Guarde as almôndegas com essa água de cozimento, na hora de esquentar, basta passar um fio de azeite na frigideira e colocar parte da água do cozimento. Assim que a água estiver quase seca, você pode acrescentar os vegetais para esquentar. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *